Entidade Associativa

banco de dados
banco de dados

Um relacionamento pode se tornar uma Entidade Associativa, veja no exemplo:

Imagine um paciente que deseja realizar uma consulta com um médico. Nesse caso temos duas entidades principais: MEDICO e PACIENTE. O que os dois tem em comum é a entidade CONSULTA.

Ao criar uma consulta, não é necessário pegar todos os dados do médico, apenas os atributos identificadores das tabelas MEDICO e PACIENTE é o suficiente para realizar a ligação/consulta.

A tabela CONSULTA ira utilizar os atributos identificadores das tabelas MEDICO e PACIENTE, porém irá conter também atributos próprios como DATA  e HORARIO da consulta.

Entidade Fraca

Note que a entidade CONSULTA depende das outras entidades para existir. Por isso damos o nome de ENTIDADE FRACA.

Entidade associoativa só pode existir em modelos Muitos para Muitos (N, N), ou seja, quando uma Entidade pode ter várias associações com outra entidade e vice-versa.