Qual melhor sistema de Loja Virtual E-Commerce

ecommerce
ecommerce

O comércio eletrônico no Brasil segue crescendo a cada ano, segundo dados do ecommerce.org o comércio eletrônico movimentou 20Bi somente em 2011 segundo dados publicados no Estadão o comércio eletrônico movimentou em 2012 cerca de R$ 22 Bilhões. Muitos empresários aderiram ao comércio eletrônico e muitos outros ainda estão aderindo.

Uma das maiores dificuldades que o empresário enfrenta é a escolha de um sistema adequado para publicar e vender os seus produtos na internet. Montar um sistema de loja virtual do zero (ou seja, um sistema personalizado montado por uma equipe especializada a partir do zero) não é tão barato, isso acaba levando muitos empresários a contratar sistemas de loja virtual pronta.

Existem muitas empresas que alugam sistemas de loja virtual pronta, de fácil configuração e utilização. Esse tipo de solução parece ser perfeita, tendo em vista que o empresário não terá muito trabalho para configurar a loja e não levará muito tempo para disponibilizar seus produtos na internet, além do custo que é relativamente baixo.

Mas nem tudo e perfeito.

Em meus anos de trabalho com e-commerce já trabalhei com vários sistemas de loja virtual pronta (DotStore, LojaMestre, TraySistems, Sis E-Commerce entre outras) e em minha experiência notei três grandes principais problemas nos sistemas de loja virtual pronta:

  • Sistema limitado, engessado: Quando precisamos realizar algumas customizações no sistema, simplesmente não é liberado e temos que nos contentar com as ferramentas que eles disponibilizam. Vou contar uma experiência que tive. Uma vez um cliente pediu para que eu realizasse o bloqueio da loja para outros países, deixando livre apenas para o Brasil. A loja estava na plataforma DotStore, e foi um pesadelo! A terefa era simples, porém as limitações imposta pela DotStore nos impediram de realizar essa simples tarefa. No final das contas, a cliente cancelou a loja com a DotStore e me pediu para montar uma loja para ela. Montei a loja para ela usando sistema OpenCart, personalizei a loja e o bloqueio para outros países foi realizado.
  • Instabilidade: Geralmente, os sistemas de loja virtual usam o mesmo servidor e o um banco de dados compartilhado, isso acaba gerando muitos problemas de instabilidade.
  • Suporte: Em alguns casos o suporte técnico é demorado, burocrático e ineficiente.

Sistemas de Loja Virtual OpenSource (código fonte aberto)

Outra solução bem bacana, e que recomendo, é a utilização de sistemas de loja virtual open source. Nesse caso é necessário alguém com conhecimento para configurar o sistema. Já testei algums sistemas de loja virtual open source, e entre eles destaco três:

OpenCart

A vantagem do OpenCart é que ele é um sistema bem leve não deixando nada a desejar. Conta com um painel de configuração com todas as ferramentas necessárias para você criar um ecommerce poderoso, diversificado e leve. Pode ser usado para qualquer tipo de loja virtual.

Atualmente adotei o OpenCart como sistema padrão para desenvolver meus projetos de Ecommerce.

Magento

Plataforma muito boa e robusta, conta com uma comunidade com inúmeros plugins e módulos de configuração que permite você personalizar sua loja de acordo com sua necessidade. O ponto negativo é que devido a quantidade de ferramentas o sistema é um pouco pesado e muito complexo.

VirtueMart

Esse sistema de loja virtual é um componente do Joomla. Essa solução é recomendada para quem deseja montar um portal com loja virtual integrada.

Veja também: Qual melhor sistema de E-commerce OpenSource

É importante enfatizar que a montagem da loja virtual é um passo importantíssimo para o sucesso do seu negócio, não monte um Loja Virtual “meia boca” de qualquer jeito. Dedique-se em montar uma loja virtual bem bacana, mesmo que que para isso você demore mais tempo. Sua nova loja precisa, pelo menos reunir a qualificações abaixo:

  • Layout agradável
  • Fácil navegabilidade
  • Rápido acesso (uma loja que não demora a carregar)
  • Algum tipo de segurança (pelo menos o certificado SSL)
  • Banners com Promoções
  • Variadas formas de pagamento

Esses são somente alguns dos requisitos para um bom sistema de Loja Virtual.

Já montei minha loja virtual, agora como faço a minha loja virtual vender?

A escolha de um bom sistema de Loja Virtual é apenas a primeira parte do trabalho, o segundo passo é fazer fazer a sua loja virtual vender. Veja na continuação desse post uma matéria sobre “Como fazer minha loja virtual vender

Fabio Bmed é Analista de Sistemas. Desde 2006 trabalha com E-commerce. Hoje presta consultoria para empresas e gerencia algumas Lojas Virtuais. Se você precisa de serviços de Loja Virtual entre em contato comigo através do formulário de contato.